sábado, 31 de outubro de 2015

Descoberta nova espécie de tartaruga gigante nas ilhas Galápagos













Cientistas disseram ter identificado uma nova espécie de tartaruga gigante nas ilhas Galápagos, no Equador. Há apenas 250 animais da nova espécie, que recebeu o nome científico de Chelonoidis donfaustoi. A nova espécie identificada vive numa área de 40km² no oeste da ilha de Santa Cruz e é diferente geneticamente de outras espécies gigantes na ilha e de outras ilhas. Pesquisadores acreditavam que todas as tartarugas gigantes da ilha eram da mesma espécie. Há, agora, 15 espécies diferentes de tartarugas gigantes. O Parque Nacional de Galápagos divulgou o vídeo em Outubro de 2015, mas as imagens foram feitas em agosto.



- 'Usain Bolt' das tartarugas pulveriza recorde mundial

Uma tartaruga de 10 anos se transformou no "Usain Bolt" do mundo dos quelônios. Bertie, uma tartaruga-leopardo, estabeleceu um novo recorde mundial ao percorrer uma distância de 5,5m em 19 segundos e 59 centésimos. A marca anterior datava de 1977. O recorde foi estabelecido em julho do ano passado, mas só foi homologado agora, na mais nova edição do Guinness.


- Câmera revela passeio de tartaruga marinha pela Grande Barreira de Corais

Uma pequena câmera fez imagens de alta qualidade do momento em que uma tartaruga marinha nada na Grande Barreira de Corais, na Austrália. A ONG internacional WWF fixou a câmera no casco do animal como parte de um projeto sobre a poluição que afeta a área. A Grande Barreira de Corais, eleita Patrimônio Mundial da Humanidade pela Unesco, abriga cerca de 6 mil espécies, mas sofre constantes ameaças.

- Japonês vira sensação na internet com tartaruga gigante

Um japonês se transformou em uma sensação na internet depois de ter sido visto com seu bicho de estimação: uma tartaruga gigante de 70kg. Mitani Hisao, um agente funerário de 62 anos, comprou Bon-chan há 19 anos. Na época, o quelônio media apenas cinco centímetros de comprimento. Hoje, o casco do animal tem 75 centímetros de diâmetro. Hisao passeia com Bon-chan pelas ruas da vizinhança de Tóquio em que mora. Sem filhos, ele se refere à tartaruga como seu filho. "Bon-chan é a única pessoa na minha família que me escuta", brinca o agente funerário.

Nenhum comentário :